Pesquisar neste blogue

domingo, 3 de novembro de 2013

Swag

Isto vem a propósito de um vídeo que vi (e que não consigo incorporar aqui) e de um post que vi num blogue (http://oarrumadinho.sapo.pt/299110.html) e do qual passo a citar algumas partes:

"(...)o swag, ou o ter swag, é ser-se alternativo sem ter preocupações relativamente ao que os outros pensam. É usar as roupas que acham mais fixes, os acessórios mais estranhos, ouvir a música que eles consideram ser a melhor, num estilo personalizado mas afirmativo. Quem tem swag, supostamente, não vai em ondas e em modas, é individual e até excêntrico e está-se nas tintas para os que comentam o seu estilo.
(...)
Tenho alguma pena que esta onda do swag, que se assume como diferenciadora, tenha uma componente unicamente plástica e totalmente vazia de conteúdo. Gostava que houvesse gente mais nova que se quisesse afirmar e diferenciar pelas coisas que lê, que ouve, que vê, que aprende, e não apenas pelo tamanho dos phones que tem, pela irreverência das calças ou pela atitude supostamente cool mas completamente oca. (...)"

Sinceramente, nunca percebi vem o que é isto do swag porque já vi/li/ouvi várias coisas diferentes, e a única coisa que fico a pensar é "eu não posso fazer parte desta geração..."
Sinceramente, e depois do vídeo que vi, ainda fiquei a lamentar mais este suposto novo estilo. 

Acho que as pessoas começaram a olhar muito mais para a imagem, e não para o interior. Que começaram a valorizar muito mais o que os outros têm ou usam, e "não vou falar com aquele, porque aquele não tem swag". Mas que parvoíce! 
Numa coisa o Arrumadinho tem razão, esta é uma geração oca. Muito oca mesmo! Oca em falta de personalidade, especialmente. 


Ter swag, supostamente, é ser-se diferente e não ligar ao que os outros pensam. Mas agora tornaram-se uma fabricação em serie, que critica quem não faz parte dessa serie.
Ou seja, esse conceito de "swag" foi completamente destruído!

Aliás, eu quando olho para essas pessoas que, supostamente, têm swag, vejo mais alguém numa tentativa fracassada de tentarem serem gunas, especialmente os rapazes. As raparigas, por sua vês, e como uma certa pessoa que eu conheço diz, vestem-se à puta. Porque ter uns calções que mais parecem boxers de ganga é ter muito swag! Nesse caso, eu agradeço o facto de não ter swag nenhuma e de preservar o meu rabo escondido por roupa. 


Sinceramente, sinto-me completamente deslocada desta geração. E olho para estes novos adolescentes e só me apetece pôr as mãos na cabeça em forma de desespero. Mas como raio eles ficaram assim? Quem trouxe esta moda tão sem personalidade? Mas será que eles, nessa tentativa desesperada de quererem criar uma imagem própria e de quererem fazer parte daquele grupo "fixe" acabaram todos criados em forma de industria em serie? 

Eu não sei, mas acho que eles estão a precisar de uma lavagem cerebral, e das grandes!!

M.

2 comentários:

Daniee disse...

Eu quando olho para alguns até me dá logo vontade de não ter filhos para não serem assim,xD

olha estou a vender os 4 livros em português de pretty little liars, os 4 por 25 euros, cada um por 7 euros, por acaso não estás interessada?:P

visita aqui:
http://anotherlovelyshop.tictail.com/product/livros-pretty-little-liars

beijinhos

Daniee disse...

M,
Fico muito agradecida se fizeres isso,:p

muito obrigada mesmo,

beijinhos