Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 19 de março de 2015

E as notícias pioraram...

Tocaram à campainha de casa. Vieram dar a triste notícia. O meu gato tinha sido atropelado.
Encontraram-no na beira da estrada. Apanharam a zona da boca. Dizem que no sitio em que estava que deve ter sido de propósito. E neste momento estou a odiar todas as pessoas que odeiam gatos e que, quando vêem um, acham que lhes têm que fazer mal!
Até o meu pai está triste, e não lhe deve ter sido fácil enterrar o miminho...

Ele era meiguinho, andava sempre à nossa volta, pedia-nos mimos e atenção...
E agora? Onde vamos arranjar um gato assim de novo?

Eu adorava o Neco, mas ele era um gato mais independente e pouco dado a caricias. Este era diferente e, apesar do pouco tempo que lá teve, afeiçoamo-nos demasiado a ele.

Escrevo isto de lágrimas nos olhos. A sério, estou mesmo muito triste... Esta custou :'(








1 comentário:

riddle disse...

Nem quero acreditar que foi de propósito.
Eu já parei para não matar uma cobra que ia a atravessar, apesar de não ser um animal de que goste muito.
Confesso que não sou fã de gatos, mas deus livre a minha cadela de perseguir gatos, que leva logo uma lambada. Aliás, ela está tão bem ensinada, que há muito deixou de perseguir gatos. Passa por eles e nem olha.
Lamento a tua perda. :(