Pesquisar neste blogue

sábado, 12 de outubro de 2013

Leituras de 2013 #10


Após ouvir falar tanto deste livro, quando o encontrei à venda numa feira a um preço razoável, resolvi comprá-lo, e ainda bem que o fiz.


Comprar AQUI
Para além de a personagem principal, a Maya, ter mais ou menos a minha idade, o que, por si só já cativa, a história, de tal maneira bem escrita, deixa-nos completamente presos e curiosos.



Ao longo da leitura vamos descobrindo o passado negro da Maya, e vamos conseguindo encaixar peças e, assim, ir percebendo o presente dela.
Este livro dá-nos a conhecer as dificuldades por que uma pessoa drogada e alcoólica pode passar, dá-nos a conhecer o lado negro de LA, como se faz lá a circulação da droga, como se comportam os toxicodependentes, fala-nos dos polícias corruptos e da falsificação de dinheiro. E, por fim, este livro ainda nos dá a conhecer uma comunidade pequena no Chile, na ilha de Chiloé, onde as pessoas todas se conhecem, se inter-ajudam e vivem por favores. Uma realidade completamente oposta aquela à qual estámos habituados.



Aprendi muito com este livro, deu-me a conhecer outras formas de vida que me eram desconhecidas, e adorei a escrita simples e cativante.



Um livro que acho que toda a gente deveria ler, quanto mais não fosse para deixarem de criticar os toxicodependentes e começarem a compreendê-los melhor. E para conhecer realidades de vida diferentes daquela a que estão habituados

1 comentário:

Daniee disse...

Eu adorei esse livro, devorei-o numa semana,:p