Pesquisar neste blogue

domingo, 8 de fevereiro de 2015

vim reclamar

Quinta-feira fui a uma vaga ao centro de saúde, para uma consulta com o meu médico de família, por causa de uma infecção que teima em não desaparecer.
o médico decide atacar forte e feio com os antibióticos e eu vou toda contente à farmácia, buscar os dito cujos, quando me dizem que estão esgotados. Esgotados a nível nacional. E que não têm previsão de quando o voltam a fazer.
E eu pergunto-me: que merda de saúde é esta que deixam os remédios desaparecerem do mercado, sem previsão de os voltar a fazer? Não deviam manter sempre uma reserva? Estar sempre a fabricar para que eles não faltassem às pessoas?
Agora tenho que ir de novo perder uma manhã no centro de saúde a ver se consigo falar com o medico, para ele me substituir aquele por outro.
E devem achar que eu não tenho mais nada para fazer.

1 comentário:

JS disse...

Parece que vivemos no Burkina Faso.
E como é "fácil" conseguir consultas no médico de família, não há uma porcaria de um genérico que possa substituir esse.
As melhoras. :/