Pesquisar neste blogue

terça-feira, 22 de setembro de 2015

A Irmandade do Santo Sudário - WOOK & FOX





 A WOOK, em parceria com os canais FOX, vai destacar um livro todas as semanas. E esta parecia inicia-se com este livro "A Irmandade do Santo Sudário". Vamos saber mais sobre ele?


A Irmandade do Santo Sudário,
de Julia Navarro

http://2.bp.blogspot.com/-7EcYkTpzwfo/Ve3IUE5wvuI/AAAAAAAAORs/fNO2Jf05rjM/s1600/unnamed.jpg
Adquirir > AQUI <


Páginas: 416
Editor: Bertrand Editora
ISBN: 9789722530859
Preço: 18,80€ (10% de desconto - 16,92€)


Sinopse
O maior milagre de todos está prestes a acontecer Um incêndio na Catedral de Turim e a descoberta de um cadáver mutilado são os acontecimentos mais recentes numa série de outros, todos eles inquietantes, em torno do misterioso sudário que milhões de pessoas acreditam ter sido a mortalha de Cristo. Aqueles que ousam investigar o sucedido serão apanhados no fogo cruzado de um conflito milenar gerado por sacrifícios de sangue, assassínios e sociedades secretas ligadas aos dúbios Cavaleiros Templários.
A Irmandade do Santo Sudário atravessa séculos e cruza continentes, desde os céus tempestuosos sobre o Calvário até às modernas cidadelas de Istambul, Nova Iorque, Londres, Paris e Roma, passando por intrigas e traições em Bizâncio e nas cruzadas, até que atinge o seu clímax nos labirintos subterrâneos de Turim, onde serão expostas verdades espantosas acerca da história de uma fé, das paixões humanas e do maior milagre de todos…


Críticas de imprensa
«A jornalista Julia Navarro desvenda os segredos do Santo Sudário, reabrindo assim o debate sobre a veracidade desta relíquia, que a tradição cristã assegura ser o sudário, ou mortalha, que envolveu o corpo de Jesus Cristo.»
El Mundo

«Julia Navarro é uma das mais célebres e bem sucedidas escritoras espanholas da atualidade. Livros como A Bíblia de Barro ou A Irmandade do Santo Sudário têm conquistado legiões de fãs em todo o mundo.»
Revista Ler (dezembro 2014)

«Só explico o título no fim. Procuro sempre surpreender o leitor no sentido de que nada seja aquilo que parece e deixo sempre os finais em aberto. Tem de ser o leitor a decidir o que acontece. Conduzo-o até a um clímax e, a partir daí, deixo a porta aberta.»
Julia Navarro ao jornal Expresso (dezembro 2014)

«Nunca tinha pensado em escrever um romance até que a leitura da notícia da morte de um estudioso do santo sudário, que pôs em causa a autenticidade da relíquia, lhe despertou a curiosidade e a vontade de escrever sobre o assunto. O resultado é, nas palavras da própria autora, "um livro de aventuras". A obra chama-se A Irmandade do santo sudário e rapidamente se transformou num sucesso de vendas em Espanha.»
Jornal de Notícias (novembro 2004)


 Curiosos??
Boas leituras! :)

Sem comentários: